Oxitec, Bill Gates, e bons contratos comerciais com mosquitos geneticamente alterados

Desde 2011, a empresa britânica Oxitec realizou  testes com mosquitos geneticamente alterados no Brasil.  Na página da empresa em inglês, “uma tecnologia amigável e poderosa para um planeta em mudança (e em mudança rápida)”.  Nos tempos atuais, qualquer maluquice é “ambientalmente amigável” e mesmo empresas que provocam catástrofes ambientais e sociais no terceiro mundo não perdem a etiqueta ESG da Bolsa de Nova York (ESG a sigla para responsabilidade ambiental, social, e de boa governança -cf. com a BHP Billinton, sócia australiana da Samarco que provocou um dos maiores desastres socio-ambientais do Brasil).

Continuar lendo Oxitec, Bill Gates, e bons contratos comerciais com mosquitos geneticamente alterados

Leilão de energia eólica quebra recordes norte-americanos

Os EUA estão realizando um leilão de áreas para a geração eólica offshore que mesmoainda ainda não terminado estabeleceu um número recorde de empresas interessadas, de área, e de valores.

O recorde anterior ocorreu em 2018, segundo informaçoes do Escritório de Gestão de Energia Oceânica – conhecido por sua sigla BOEM – criado em 2010 (vale visitar a página, mas jamais supor que para que o Brasil dê andamento nas muitas licenças que dormitam nas gavetas do lerdo Ibama é impresdincível percorrer todo um longo caminho de criação de mais órgãos burocráticos e de revisão de conceitos, até porque os EUA continuam muito atrás de outros países também nessa área).

Continuar lendo Leilão de energia eólica quebra recordes norte-americanos

Parques de papel com concessões feitas à meia boca

Numa jogada de marketing ambiental, o governo federal e alguns governos estaduais vêm promovendo a concessão de parques à iniciativa privada, ainda quando o poder público tenha fração desprezível das áreas dessas unidades de conservação e não haja qualquer previsão de metas para ampliar a infraestrutura de visitação.

Os números recentemente obtidos com base na Lei de Acesso à Informação – já que o ICMBio não gosta de divulgá-los – indicam a existência de parques nacionais criados há décadas com 0% de regularização fundiária, como é o caso do Parque Nacional da Serra da Capivara desde 1979.  Sá muitos os que têm percentuais de regularização irrisórios!  Como o poder público concede algo que não lhe pertence e jamais abre qualquer janela de diálogo formal com os legítimos proprietários?

Trata-se, aqui, de continuar debatendo conceitos fundamentais para que os parques cumpram com uma de suas principais funções: a visitação e o convívio com a natureza.  A situação se repete nos estados.

Continuar lendo Parques de papel com concessões feitas à meia boca

Carta aberta aos cidaḍos e governos do mundo РAlian̤as Mundial de M̩dicos

A Aliança Mundial de Médicos escreveu uma Carta aberta a todos os cidadãos e seus governos no mundo sobre o que afirma ser uma catastrófica sucessão de erros relacionados ao tal Covid 19.  A carta, divulgada em 10.10.2020, já tem mais de 41.000 assinaturas.

Afinal, no começo o objetivo era achatar a curva.  E aí virou essa confusão!

Nela, afirma-se, entre outras coisas, que (a) na história das doenças respiratórias as pessoas assintomáticas nunca foram veículos de contágio”, (b) a “pandemia” (sic) já terminou desde junho de 2020, (c) existem tratamentos preventivos e tratamentos precoces bastante seguros e efetivos que nos fazem pedir pelo fim imediato de lockdowns e medidas de distanciamento social, assim como do uso de máscaras, testes de indivíduos saudáveis, rastreamentos, passaportes de imunidade e vacinas.

Continuar lendo Carta aberta aos cidaḍos e governos do mundo РAlian̤as Mundial de M̩dicos

Crivella e o meio ambiente urbano

Não é de se esperar que muitos prefeitos entendam o que são as complexas questões ambientais de nossos tempos ou sequer se interessem por elas, ainda mais quando não conseguem fazer um mínimo em matéria de drenagem e esgotamento sanitário.  Mas destruir o que é bom em nome de tolices já é demais.

Aos fatos do que anda fazendo a administração Crivella com o escasso dinheiro público.

Continuar lendo Crivella e o meio ambiente urbano